EXCLUSIVISMO CRISTÃO

Por Obreiro Daniel Santos


"Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã." Mateus 15:28

O denominacionalismo é um câncer maligno, seu principal sintoma é a superficialidade no que concerne as coisas santas.
Esta mulher não pertencia ao grupo dos fariseus, dos saduceus, dos essênios, e muito menos dos zelotes; ela aparece do anonimato e com profundidade alcança a maior de todas as profecias tecida no texto sagrado.

O texto diz...

"E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada." Mateus 15:22

Neste primeiro momento ela identifica o Jesus homem (filho de Davi) pedindo misericórdia relatando sua necessidade.
Jesus a ignora dizendo:
"E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel." Mateus 15:24
O Senhor provando seu coração, disse que era Deus apenas de uma "denominação"; "Casa de Israel"

Observe que o Senhor responde à altura; ela se depara com Jesus e o trata surpeficialmente, como um homem qualquer filho de um rei temporal.

Ler ou ouvir a respeito do Jesus histórico, integrar-se a uma tradição religiosa cristã por mais que a intenção seja boa, não tem valor nenhum para Deus.

"Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me!" Mateus 15:25
Olhe a diferença do tratamento, veja que mudança radical!
O Messias histórico ficou para trás, então ela suscita o Cristo profético; só se adora a Deus (reconhece o Senhor como Deus).

"Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos.
E ela disse: Sim, SENHOR, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores." Mateus 15:26-27.
Toda colheita em Israel era por lei deixar os cantos do campo, e as migalhas que caiam para os estrangeiros, este ato era familiar para os discípulos. O contexto profético foi totalmente perdido; visto que os discípulos não entenderam nada no âmbito espiritual, eles foram capazes de pedir ao Senhor que a despedisse: "...rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós." Mateus 15:23; o exclusivismo cega!

Estes dois versículos são a chave do encontro;

Jesus se revela como o Pão Vivo que o Pai enviou aos que eram seus, mas ela o retruca confessando que os seus deixavam a migalha para os gentios.
Quando a mulher disse isto, ela proclamou a maior profecia de todo o período veterotestamentário.
O Pão Vivo será moído na cruz, e será dado a migalha a toda a humanidade.
As migalhas que os senhores rejeitaram, é o sustento da igreja até o seu arrebatamento.

Revelado o segredo, vem-se a bonança: "Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã." Mateus 15:28
Fé grande, é a fé que te leva a profundidade dos mistérios de Deus, não se trata de um tolo que se fecha para a sua denominação.
Orgulho denominacional é a principal característica de um caído na fé, estéril, vão aos púlpitos como meros papagaios; só pregam o que ouve dos outros.

Em todo o período veterotestamentário, os ditos heróis da fé, alcançaram o que esta mulher alcançou.


"O fiel se encontra no tempo histórico, ciente do profético"
Tecnologia do Blogger.