QUEM ME DESMENTIRÁ E DESFARÁ AS MINHAS RAZÕES?

Por Josenilson Félix



Texto: Jó 24:25 - Se não é assim, quem me desmentirá e desfará as minhas palavras? - Bíblia Sagrada - (Mobidic)

Introdução:

O ser humano é cheio de dúvidas e questionamentos sobre muitos assuntos pertinentes a sua vida e as coisas que o cercam. Essa expressão de Jó externa bem a realidade do homem dos nossos dias, que vive em busca de respostas para os anseios da sua alma.

Desenvolvimento:

"Se não é assim ..."

O texto inicia utilizando a particula "se". Por quê?
Para mostrar que o projeto do homem é falho, imperfeito e não supre as necessidades da alma.

O "se" expressa as dúvidas, incertezas que o homem tem na vida. O único projeto perfeito é o projeto de Salvação. Um dia Deus nos revelou o seu projeto de Vida eterna e que tem sanado as nossas dúvidas, e preenchido o vazio que há em nossas almas e nos levará às mansões celestiais.

Hoje não estamos firmados na palavra do homem, mas sim na Palavra de Deus que é eterna e tem falado conosco todos os dias.

"quem me desmentirá?"

O que é desmentir? É mostrar que alguém está errado. O homem sem Jesus trilha no caminho do erro, do engano, da decepção e que o levará à morte eterna.

O ser humano não gosta de ser desmentido. Mas quando o Senhor desmente o homem não é para envergonha-lo, mas vemos o seu grande amor em nos livrar da condenação eterna.

O dia do nosso chamado foi o momento que o Senhor revelou a nós o seu projeto de salvação. Só se desmente alguém com a verdade. Jesus é a verdade eterna que um dia nos libertou de conceitos, ideias, pensamentos e outras coisas que estávamos presos. João14:6 - "Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim".

João 8:32-  "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará".

"e desfará as minhas razões. "

Só podem viver o processo da Salvação aqueles que tem permitido que o Espírito Santo anule as suas razões diariamente. Só se desfaz as razões, os questionamentos humanos com a revelação do Espírito Santo. É interessante observamos que o texto utiliza no plural "as minhas razões". Porque o homem tem muitas razões, só caminhamos e realizamos a obra de Deus se for por revelação. A vontade de Deus tem precisa prevalecer na vida dos seus servos.

Conclusão:

Essa expressão de Jó mostra a nossa situação antes de conhecermos ao Senhor, uma vida de dúvidas e questionamentos, mas o Senhor nos salvou e transformou as nossas vidas. Hoje caminhamos com a certeza da vida eterna e que no projeto de Deus temos todas as necessidades supridas.


Josenilson Félix

Tecnologia do Blogger.