Portal de Estudos Bíblicos

LOUVOR NA MEDIDA DE DEUS - PARTE 2

Por Obreiro Daniel Santos


"Como a águia desperta a sua ninhada, move-se sobre os seus filhos, estende as suas asas, toma-os, e os leva sobre as suas asas," Deuteronômio 32:11

Verdadeiramente Deus habita em meio aos louvores. O cântico quando é espiritual repousa sobre três pilares, são eles:

PROFÉTICO- medida de Deus

POÉTICO- medida do homem

DOUTRINÁRIO- medida de Deus revelada ao homem.

Só temos condições de louvar, porque o Louvado nos sustenta; tudo vem dEle.

Neste cântico, Moisés externa com bastante precisão profecias relacionadas a nossa dispensação, se usarmos as lentes da revelação, ou seja, se deixarmos que o texto fale por si, constataremos que a história da igreja está tecida em todo este hino.
No entanto iremos nos ater somente neste pequeno versículo.

"Como a águia desperta a sua ninhada"
Em Efésios 2:5 relata as condições execráveis que estavamos; mortos em nossos delitos acomodados com os deleites deste ninho, mas Deus com sua maravilhosa graça nos despertou para algo grandioso: "Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão Grande Salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram;" Hebreus 2:3
O brado da cruz nos despertou para a vida que há em Cristo Jesus.

"Move-se sobre os seus filhos"
Note que o tratamento agora é outro!
Não mais ninhada, ninho; mas "filhos".
O mover de Deus é na vida daqueles que o aceitou como Pai.
A submissão ao Senhor nos ingressa ao trabalhar do Espírito Santo.

"Estende as suas asas"
Em outras palavras: "E a mão do Senhor era com eles; e grande número creu e se converteu ao Senhor." Atos 11:21.
O ministério é do Espírito Santo; não cabe ao homem se aventurar pensando ser alguém.

"Toma-os, e os leva sobre as suas asas"
Estar debaixo das asas do Senhor, é a certeza de ser levado, isto é, a Águia não leva o filhote que não esteja em seu poder.


Breve Cristo nos levará; persevere em suas mãos: "Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve." Mateus 11:30

MARCADORES

Abraão águas Águia Além da Letra alforria Amazônia Antigo testamento apocalipse Arqueologia bíblica Asafe Auschwitz Auxílio ao Obreiro Bartimeu batatas batismo com Espírito Santo BBC Ben Gurion Bençãos bíblia x Ciência Biblicamente bois Brasil brecha CALVINISMO Calvino cananeus carta cativeiro cessacionismo colheita comportamento Conhecimento conversão convite corrupção Crente Nominal cristianismo Culto Daniel Santos Davi Deus Conosco devocional dilúvio dizimo Dons Espirituais Doutrina ebd Ebede-Meleque Éden Elias escravatura Escriba evangelho evangelhos evangelismo exegese expressões idiomáticas facebook família fariseus filmes fim fonte fortalecimento graça grupo de estudos Habacuc heresias história igreja Igreja Fiel interpretação Isaías Israel Jerusalém Jogos Josenilson Félix Jourdon Anderson Judas Iscariotes Julgamento lava-jato Lei leitura liberalismo teológico libertação livre-arbítrio Louvor Luciano Subirá Lutero Marcelo Lyrio Marco Elias Melquisedeque Ministério missionários missões Moisés muro Natal nazismo Noé novo testamento obra de Deus Obreiro Aprovado Oração ovelha Palavra palavra revelada pão pastor paz Pecado peixe Pentecostalismo perseguições pobre presciência Pródigo Profecia Promessas Quinta medida razão humana Reforma Protestante religião remédio repreensão respostas revelação rico sabedoria sacrifício de Jesus salmos Salvação sinais do fim Sola Scriptura soteriologia Teologia Tomé Vale verdade vida vida cristã vídeos vinha vinho watsapp Windows Zaqueu