Portal de Estudos Bíblicos

"ERRAIS POR NÃO CONHECER AS ESCRITURAS..."

Por Marco Elias


''Errais por não conhecer as escrituras e nem o poder de Deus.''  (Mateus 22:29)

1 - EM PRIMEIRO LUGAR ► AS ESCRITURAS ► LETRA INSPIRADA
2 - EM SEGUNDO LUGAR ► O PODER DE DEUS ► A REVELAÇÃO
3 - AMBOS SE COMPLETAM. UM NÃO EXISTE SEM O OUTRO.

Por quais motivos Jesus não usou a expressão “o poder de Deus” antes da expressão “escrituras”?

Tudo quanto Jesus fez ou disse tem sentido e significado pleno e a ação do Espirito Santo por meio da palavra revelada tem sido algo notável para aqueles que creem nesta operação gloriosa de Deus. Como a revelação nunca anulou a letra, mas é a sua vida e o seu complemento, pode-se dizer que no texto em questão Jesus estabelece uma sequência que deve ser seguida para que seus servos não errem o alvo.

A letra é importante? SIM.
A revelação é importante? SIM, Importantíssima.

Devido aos tempos trabalhosos aos quais estamos vivenciando não podemos desprezar a letra inspirada, nela estão as promessas de Deus para a igreja, a segurança do fiel, o modo de vida genuinamente cristão e o método perfeito para a construção de um lar que agrada a Deus. Menosprezar isto é loucura ou no mínimo ingenuidade. Uma casa bonita construída na rocha sem alicerce trará os mesmos prejuízos ou talvez outros piores que aqueles sofridos por uma casa edificada na areia, se por falta de alicerce a casa da rocha vier a deslizar e cair no despenhadeiro.

Poderia parar aqui, mas vejamos o que Oséias, um dos profetas menores disse: ''O meu povo é destruído por lhe faltar conhecimento'' (Oséias 4:6)

Deus não faz nada sem comunicar aos seus servos, os profetas. No tempo de Oseias não faltava profeta em Israel, o que faltava era o conhecimento a respeito dos grandes feitos de Deus, presentes na narrativa da torá (lei judaica). Os reis ímpios de Israel haviam feito com que o povo perdesse o contato com Deus. Os filhos não conheciam o Deus maravilhoso que seus pais haviam servido e Deus reclama disto com o profeta. Vivemos um tempo semelhante, no qual a nossa geração é analfabeta de bíblia, não conhece os feitos do seu salvador e estão com a porta aberta para o relativismo, apesar da ordem clara das escrituras: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” – (2 Timóteo 2:15).

Que Deus nos abençoe!

MARCADORES

Abraão águas Águia Além da Letra alforria Amazônia Antigo testamento apocalipse Arqueologia bíblica Asafe Auschwitz Auxílio ao Obreiro Bartimeu batatas batismo com Espírito Santo BBC Ben Gurion Bençãos bíblia x Ciência Biblicamente bois Brasil brecha CALVINISMO Calvino cananeus carta cativeiro cessacionismo colheita comportamento Conhecimento conversão convite corrupção Crente Nominal cristianismo Culto Daniel Santos Davi Deus Conosco devocional dilúvio dizimo Dons Espirituais Doutrina ebd Ebede-Meleque Éden Elias escravatura Escriba evangelho evangelhos evangelismo exegese expressões idiomáticas facebook família fariseus filmes fim fonte fortalecimento graça grupo de estudos Habacuc heresias história igreja Igreja Fiel interpretação Isaías Israel Jerusalém Jogos Josenilson Félix Jourdon Anderson Judas Iscariotes Julgamento lava-jato Lei leitura liberalismo teológico libertação livre-arbítrio Louvor Luciano Subirá Lutero Marcelo Lyrio Marco Elias Melquisedeque Ministério missionários missões Moisés muro Natal nazismo Noé novo testamento obra de Deus Obreiro Aprovado Oração ovelha Palavra palavra revelada pão pastor paz Pecado peixe Pentecostalismo perseguições pobre presciência Pródigo Profecia Promessas Quinta medida razão humana Reforma Protestante religião remédio repreensão respostas revelação rico sabedoria sacrifício de Jesus salmos Salvação sinais do fim Sola Scriptura soteriologia Teologia Tomé Vale verdade vida vida cristã vídeos vinha vinho watsapp Windows Zaqueu