Portal de Estudos Bíblicos

ÁGUA PURIFICADORA

POR OBREIRO DANIEL SANTOS


"TEM misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.
Lava-me completamente da minha iniquidade, e purifica-me do meu pecado." Salmos 51:1-2

Devido aos anos que passara recitando o Saltério, sempre dentro do contexto do ano litúrgico que se centraliza nos principais acontecimentos da vida de Cristo, Lutero interpretava os Salmos cristologicamente. Neles, era Cristo quem falava.

O Cristocêntrismo bíblico sempre foi uma realidade em todo período da igreja fiel; inclusive no reconhecimento do cânon neotestamentário.
Vemos que no primeiro parágrafo, o grande ícone da reforma (Martinho Lutero) tinha este hábito; sabia que para um bom relacionamento com as escrituras era lhe necessário estudá-las com as lentes puramente cristocêntricas.

Nesta oração, notamos o quanto nós precisamos prezar o que o autor quer expressar. Uma das bases da hermenêutica é a submissão ao que o autor, no caso da Bíblia, o escritor deseja transmitir. O valor interpretativo não está no que eu entendo; sendo assim seria muito subjetivo e cairíamos numa espécie de antropocentrismo religioso.

Voltando ao texto...

Dividiremos as tônicas dos versos acima em três tópicos para uma melhor compreensão;

"Apaga as minhas transgressões"
A palavra transgredir está diretamente relacionada com a lei de Deus reportando-nos para as páginas veterotestamentárias.
Lembrando que nesta época a transgressão era "apagada" através dos inúmeros sacrifícios.

"Lava-me completamente da minha iniquidade"
Até que um dia Deus revela algo estupendo.
O transgressor não poderia mais ter as suas transgressões apagadas, e sim; que o iníquo fosse "completamente lavado" com o Sangue do Cordeiro.
A partir deste Sacrifício Perfeito nasce uma igreja, que também estava sujeita ao pecado...

"Purifica-me do meu pecado"
O Fogo do Espírito Santo tem poder de purificar a igreja de cada pecado: "Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado." 1 João 1:7
Iremos para o céu pecadores, e cheios de defeitos, porém se caminharmos na Luz da Palavra de Deus; toda nossa alma será  gradativamente purificada para o grande dia.


Referências: Caminho para Reforma pág/49 - JUSTO L. GONZALEZ

MARCADORES

Abraão Ágape Agostinho águas Águia Além da Letra alforria Amazônia Amor Antigo testamento aperfeiçoamento apocalipse apologética Aristóteles Arqueologia bíblica Asafe Auschwitz Auxílio ao Obreiro Bartimeu batatas batismo com Espírito Santo BBC Ben Gurion Bençãos bíblia x Ciência Biblicamente bois Bom Carpinteiro Brasil brecha CALVINISMO Calvino caminhada cananeus carta cativeiro cessacionismo colheita comportamento Conhecimento conversão convite corrupção Crente Nominal cristianismo Culto Daniel Santos Davi Deus Conosco devocional dilúvio dizimo Dons Espirituais Doutrina ebd Ebede-Meleque Éden Elias escravatura Escriba evangelho evangelhos evangelismo exegese expressões idiomáticas facebook família fariseus filmes filosofia fim fonte fortalecimento Gálatas graça grupo de estudos Habacuc heresias história igreja Igreja Fiel interpretação Isaías Israel Jerusalém Jogos Josenilson Félix Jourdon Anderson Judas Iscariotes Julgamento lava-jato Lei leitura liberalismo teológico libertação livre-arbítrio Louvor Luciano Subirá Lutero Marcelo Lyrio Marco Elias Melquisedeque Ministério missionários missões Moisés muro Natal nazismo Nietzsche Noé novo testamento obra de Deus Obra Redentora Obreiro Aprovado Oração ovelha Palavra palavra revelada pão pastor paz Pecado peixe Pentecostalismo perseguições pobre presciência Pródigo Profecia Promessas Quinta medida razão humana Reforma Protestante religião remédio repreensão respostas retórica revelação rico sabedoria sacrifício de Jesus salmos Salvação sinais do fim Sola Scriptura soteriologia Teologia Tomé Vale verdade vida vida cristã vídeos vinha vinho watsapp Windows Zaqueu