ÁGAPE

POR DANIEL SANTOS



"Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." 1 Coríntios 13:7

Sócrates — Sabes de um prazer maior e mais vivo do que o do amor sensual?
Glauco — Não, não há nenhum mais violento.
Sócrates — Por outro lado, o amor autêntico ama com sabedoria e medida a ordem e a beleza?
Glauco — Por certo.
Sócrates — Logo, nada de violento nem de parecido com a incontinência deve aproximar-se do amor autêntico.
Glauco — Nada!

A partir de um lato conhecimento acerca da influência afrodisíaca, Paulo não mede esforços para apresentar aos irmãos a distinção que havia entre o amor “Eros platônico” e o “Ágape divino”. Este pequeno trecho de um diálogo extraído da República de Platão, é suficiente para definirmos o que o apóstolo Paulo enfrentara em sua época; Corinto era guardiã do templo de Afrodite. O apóstolo estava lidando diretamente com uma igreja relativamente familiarizada com estas correntes tanto com o amor (Eros) platônico, quanto o amor (Philia) aristotélico.

Pois bem, Paulo como um bom teólogo bíblico, e cheio do Espírito Santo, revela aos coríntios um amor diferente; um amor que não emergira de sua erudição, mas do ato sublime de seu Mestre.

Como o caro leitor bem sabe, estamos lidando com uma das mais belas doxologias paulinas; e com muita simplicidade teceremos o plano perfeito de Deus para sua vida;

"Tudo sofre”
A salvação é dom de Deus, tudo iniciou na eternidade; não temos parte na origem soteriológica.
Deus, ao ver o homem caído, atrelado ao sofrimento; tomou a iniciativa em padecer pelo homem, ou seja, o Senhor Jesus sofreu a morte de cruz por mim e por você!

“Tudo crê”
O plano é perfeito, não há o que acrescentar; basta que você creia!
A única forma de correspondermos a este amor, é que venhamos à crer, e continuar crendo.

“Tudo espera”
Esta salvação não é estática, é um caminhar novo e vivo. A salvação em Cristo traz consigo a esperança da glória; se o-amamos como ele nos amou, obviamente o-esperaremos.

“Tudo suporta"
Estamos vivenciando literalmente o princípio das dores, o tempo é exíguo, em breve entraremos na Cidade Santa!
Suportais! Jesus Vem.

O amor ágape de Deus te convida hoje para esta grandiosa salvação. Que Deus assim nos abençoe.

Referência literária: 
República de Platão pág/132

Tecnologia do Blogger.